terça-feira, 11 de maio de 2010

Nova Diretoria do SINDICANEDO faz acordo com a vendida FESPUMG!


A diretoria do SINDICANEDO cada vez mais demonstra para o quê veio, para firmar acordos com os mais vendidos sindicalistas de Goiás, que são os membros da FESPUMG e o seu bando. Acompanhados e comandados pelo vereador Roberto Lopez, o mentor da diretoria do SINDICANEDO, fecharam acordo de cooperação entre as entidades. A FESPUMG, que é filiada a Nova Central, controla o SINDIGOIÂNIA, sendo um sindicato semelhante ao SINDICANEDO, que não organiza assembléias e nem cobra da prefeitura, só realizando no final do ano uma festa para os servidores. É com essa gente que a deretoria do SINDICANEDO está se reunindo e não com o servidor, o principal interessado no sindicato. Com isso, a nova diretoria do SINDICANEDO já aprendeu a lição com a FESPUMG, ficar parado, sem assembléias e reuniões com os servidores, e mamando nas tetas do governo.

ABAIXO O MOVIMENTO SINDICAL PELEGO!
SINDICATO É DOS TRABALHADORES E NÃO DO PATRÃO!


PUBLICAMOS ABAIXO A MATÉRIA QUE SAIU NO SITE DA FESPUMG:
(http://www.fesspumg.org.br/modules/news/article.php?storyid=237)


"Os principais membros da Dirtoria do SINDICANEDO aompanhados pelo Vereador Roberto Lopes reuniram-se com a Diretoria da FESSPUMG e do SINDIGOIÂNIA onde entre outros assuntos foram acertados varios convenios entre as três entidades. Ficou acertado tambem para a primeira quinze3na de março um grande evento em Senador Canedo para a filiação do SINDICANEDO na FESSPUMG.

o presidente do SINDICANEDO, professor Agamenon tem demostrado muito despreeendimento e espirito de luta na busca da melhoria da qualidade de vida dos servidores públicos Municipais de Senador Canêdo"

domingo, 9 de maio de 2010

O SINTEGO ESTÁ DO LADO DO GOVERNO




O novo prefeito Paulo Garcia (PT) assumiu a prefeitura e já demonstrou toda a sua política (des)educacional. Não garantiu a aplicação do Piso Nacional, conforme a categoria vem cobrando, de R$ 1312,85 para o PI em início de carreira, seguindo as diferenciações previstas no Plano de Carreira entre os níveis e as gratificações de direito. O MEC, a mando de Lula, divulgou no início do ano a correção do Piso Nacional, definindo-o com o valor de R$ 1024,00, não cumprindo a própria lei no que se refere a seu reajuste. Portanto, o Governo Federal, os Governos Estaduais e a maioria dos municípios brasileiros, incluindo Goiânia, não estão cumprindo a própria lei do Piso Nacional.
Nós, professores de Goiânia, vivemos um brutal arrocho salarial nos últimos anos. No ano de 1997 um professor em início de carreira recebia três salários mínimos e meio (tirando a gratificação de regência), hoje o nosso salário não chega a dois salários mínimos. O salário mínimo, segundo os cálculos do DIEESE, deveria ser mais de R$ 2 mil. Isso demonstra que mesmo com a aplicação do Piso Nacional, o nosso salário continuará defasado e não passará apenas de reposição das perdas salariais dos últimos anos.
As recentes declarações do prefeito sobre a questão do Piso é a de enrolar na sua aplicação. No último caso pretende reafirmar o valor estipulado pelo MEC, desrespeitando a forma de cálculo dos reajustes que a própria lei estipula. Isso nos demonstra que não existe diferença entre PT, PMDB, PSDB e PP, com a educação, sempre a relegam ao segundo plano. Na época de política ou de propaganda eleitoral, a educação aparece como um tema central para todos. Passado esse momento, só o arrocho salarial e as péssimas condições de trabalho a que o professor e funcionários de escolas estão submetidos é o que interessa a esses governos. O processo eleitoral demonstra cada vez mais que é uma ilusão para os trabalhadores, que todos os partidos, na verdade, fazem parte de um partido único, que servem apenas aos interesses dos grandes grupos burgueses e latifundiários, submetendo o povo as mais duras condições de vida.
Por outro lado, o nosso Sindicato, que deveria representar o interesse dos trabalhadores, se cala diante da inatividade da prefeitura no pagamento do Piso Nacional e na garantia de nossos direitos básicos. Isso acontece pelo simples fato de todos os membros da diretoria pertencerem ao PT (inclusive Delúbio Soares, líder intelectual máximo da diretoria). Vendem os nossos interesses em nome do partido e de seus interesses privados.
Com isso, a diretoria do Sindicato serve como uma blindagem aos possíveis movimentos de insatisfação dos trabalhadores contra a prefeitura. Dessa forma é que não vemos acontecendo assembléias e as propostas para organização de greves ou atividades que confrontem com os interesses da prefeitura, são simplesmente boicotadas por essa diretoria pelega (que até ganhou cargos na Secretaria de Educação com a posse do novo prefeito). A diretoria do Sindicato continua a organizar atividades que em nada pressionam a prefeitura para o pagamento do Piso, como é o exemplo da presente atividade de audiência pública. Essa é muito mais uma forma de enganação da categoria, fingindo que está cobrando dos vereadores e desviando a atenção dos professores de eventuais protestos contra o Paço Municipal, do que uma sincera atitude de reivindicação.
Nós, do MOCLATE, defendemos a luta. Os trabalhadores em educação devem se organizar pelos locais de trabalho, com isso, nós vamos aumentar a organização e politização da categoria. Somente organizados é que podemos cobrar os nossos direitos e desmascarar a atual diretoria que está do lado do prefeito. Também exigimos a imediata realização de assembléias pela diretoria do sindicato, com a eleição de um comando de luta da categoria, para que possamos evitar os conchavos de bastidores que a diretoria está acostumada a fazer. O sindicato é dos trabalhadores da educação e não dos partidos eleitoreiros e do seu patrão, o prefeito Paulo Garcia.

Viva a luta dos trabalhadores! Abaixo o peleguismo da diretoria do SINTEGO!


MOCLATE - MOVIMENTO CLASSISTA DOS TRABALHADORES DA EDUCAÇÃO

sábado, 8 de maio de 2010

POSSE DA NOVA DIRETORIA!

Com a posse da nova diretoria ficou claro a política que os pelegos irão seguir. Convidaram para a mesa o prefeito municipal e todos os seus puxa-sacos, comandado por Roberto Lopez, vereador e ex-secretário de educação. Passaram o tempo todo elogiando o prefeito e esqueceram de cobrar uma posição da prefeitura em defesa dos interesses dos funcionários. Depois de amaciar, agora é só barganhar


CONFIRA O VÍDEO ABAIXO E COMPROVE A ESSÊNCIA PELEGA DA DIRETORIA:


video

A ATUAL DIRETORIA DO SINDICANEDO ESTÁ DO LADO DE VANDERLAN!


No início de janeiro assumiu a nova diretoria do SINDICANEDO, uma chapa organizada e direcionada pelo prefeito Vanderlan. O grande interesse do empresário era o de acabar com o movimento sindical e nada melhor do que colocar um grupo serviçal aos anseios da prefeitura para atingir esse objetivo.
A campanha do sindicato, que deveria não contar com a participação do poder público, foi uma demonstração da forma corrupta e autoritária de tratar os trabalhadores e suas organizações.
Dessa forma, através da compra de votos, utilização da máquina pública (carros, estrutura da prefeitura e etc.), apoio de todos os vereadores, a chapa da prefeitura, chapa 03, conseguiu influenciar a eleição ao seu favor.
Dessa forma, o SINDICANEDO deixou de representar os interesses dos trabalhadores, para representar os interesses da prefeitura. Por isso, esse espaço de comunicação virtual se transformará em um local de resistência da oposição a essa diretoria estranha aos interesses dos servidores.
Continuaremos na luta ao lado do trabalhador e denunciado as malandragens, conluios e oportunismo da atual diretoria do sindicanedo.

sexta-feira, 23 de outubro de 2009


Ontem, dia 22 de outubro, Delúbio Soares (do mensalão), publicou um artigo no diário da manhã. Delúbio agradeceu a presença do prefeito de Senador Canedo, Vanderlan Vieira Cardoso, em sua festa de aniversário na cidade de Buriti Alegre. Delúbio relata que Vanderlan chegou a cidade através de um jatinho particular do prefeito. Enquanto a população canedense está morrendo de fome, o prefeito está andando de jatinho para visitar o picareta Delúbio. Que absurdo!

quinta-feira, 22 de outubro de 2009

QUEREMOS ELEIÇÕES NAS ESCOLAS MUNICIPAIS!


Estamos aproximando do fim do ano e nada sobre as eleições nas escolas municipais. A estratégia da secretaria de educação é a de enrolar até o último minuto, para não fazer as eleições, mantendo uma situação de falta de democracia no município. Antevendo isso, o SINDICANEDO está passando na base e recolhendo um abaixo assinado, para demonstrar que a comunidade escolar é favorável a realização do pleito nas escolas municipais.
PARE DE ARMAÇÕES ALERANDRE!
SENADOR CANEDO NÃO É APARECIDA DE GOIÂNIA!
POR DEMOCRACIA NAS ESCOLAS!

Isaura Cardoso desacata funcionários, estudantes e pais na escola Deoclides!



A primeira dama do município de Senador Canedo, Isaura Cardoso, está realizando uma série de visitas nas escolas municipais, fazendo reuniões com a comunidade escolar, com o claro intuito politiqueiro de reforçar a sua campanha para deputada estadual.
Na sexta feira, dia 09 de outubro, muitas escolas organizaram atividades recreativas a fim de comemorar o dia das crianças, com pula-pula, algodão doce, pipoca e etc.
Sem perder tempo, Isaura estava presente em várias escolas. Na escola Deoclides, localizada no Bairro Alvorada, na região do Jardim das Oliveiras, a primeira dama chegou de forma inesperada no meio da brincadeira das crianças. Chegou e já foi para o palco fazer um discurso eleitoreiro. Como as crianças não são ligadas a política e sabiam que Izaura não tinha nada a acrescentar, continuaram em sua rotineira brincadeira.
A primeira dama, demonstrando toda a sua arrogância e petulância, começou a ofender os professores, as crianças e os pais presentes. Essa ficou possessa com a atitude dos presentes, que desprezaram a sua presença. Não aceitando ficar em segundo plano, passou a agredir verbalmente a todos, falando que " Eu sou Isaura Cardoso, mulher do prefeito Vanderlan, portanto, calem a boca", e ainda afirmou que "só podia ser filhos de pobres para não ter educação", reiterando que "esses professores são incompetentes em não dar disciplina para os seus alunos".
Ficamos sabendo que esse fato também se repetiu na Escola Elias Rocha na Vila Galvão, o que demonstra o total desrespeito com a comunidade escolar.
Vemos aqui mais um abuso dessa mulher, que acredita ser a dona de Senador Canedo, que a educação do município viva de acordo com os seus caprichos e interesses eleitoreiros. Os professores ficaram revoltados com a situação e denunciaram no SINDICANEDO. Nos solidarizamos com esses companheiros e afirmamos que as escolas do município não são currais eleitorais da família Cardoso.

ISAURA, TENHA MAIS RESPEITO A COMUNIDADE ESCOLAR!
ESCOLA NÃO É CURRAL ELEITORAL!